O Ministério do Meio Ambiente (MMA) disponibiliza uma ferramenta eletrônica para orientar a construção de prédios sustentáveis, principalmente residenciais, com informações bioclimáticas de aproximadamente 400 cidades brasileiras. Chama-se Projeteee – Projetando Edifícios Energicamente Eficientes, que tem 20 mil consultas por mês, pela internet.

 

O Projeteee é um dos componentes do Projeto 3E – Eficiência Energética em Edificações – da Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental (SMCQ), do MMA. O setor de edificações representa 40% do consumo total de eletricidade. Portanto, é necessário o controle, especialmente para que o Brasil cumpra seus compromissos na redução de emissões de gases de efeito estufa. O objetivo do sistema é mostrar como aproveitar melhor os materiais, considerando aspectos como sua capacidade térmica, o que pode reduzir o consumo de energia nas edificações com menos uso de ar-condicionado, por exemplo.

Uma das usuárias do site Projeteee é Milena Sampaio Cintra, sócia de uma empresa de arquitetura especializada em eficiência energética e conforto ambiental, além de dar aulas sobre etiquetagem em várias instituições do Brasil, inclusive na Universidade de Brasília. Etiquetagem se refere à classificação concedida pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que atesta o nível de eficiência energética em edificações e em projetos de construção.

“O que tem sido interessante é a facilidade de se encontrarem informações no Projeteee”, afirmou. “Antes, as informações estavam em livros, em internet, mas de modo genérico para todas as cidades.” A arquiteta diz que os alunos em uma sala de aula em Brasília podem projetar uma obra com diretrizes adaptadas para o clima de Belém do Pará, sem nunca terem ido a essa cidade. "As informações estão lá”, acrescentou.

Ela destacou que o banco de dados sobre materiais pode crescer bastante, se for feita uma campanha para que fornecedores ofereçam ao site do MMA informações sobre as características de materiais de construção. “Lá já temos tipos de paredes, coberturas, gesso, lajes, telhas, lá está calculado o resultado das combinações, com suas características térmicas”, exemplificou a arquiteta.

 

Link da ferramenta: www.projeteee.ufsc.br 

Fonte: MMA.GOV.BR

Publicado em Engenharia
  1. Últimas Publicações
  2. CAD/BIM
  3. Design 3D
  4. Ilustração Digital
  5. Engenharia
  6. TODAS